continuação de matéria anterior

As cartas de Cristo IV
Consciência Universal. A única liberdade

Como é grande o conforto, o alívio que sentimos quando o que lemos nas Cartas bate profundamente com aquilo que está gravado em nossa Alma! É um respirar fundo, exalando aquela energia renovada que nos projeta, a cada parágrafo, para cima e para a frente, passando-nos firmeza e esperança, que por sua vez constroem, com bases sólidas, coragem e determinação renovadas. Como é difícil derrubar conceitos -ainda que falsos, mesquinhos e absurdos-, que absorvemos desde a infância, quando nada podíamos fazer para nos proteger deles! Creio que o “Orai e vigiai”, tão alardeado, tenha a ver com este aspecto de abuso que sofremos e que inconscientemente ainda nos machuca… “Orai” poderia ser considerado como se inspirar na Fonte, fazer a conexão; “Vigiai” teria a ver com observar tudo com a Consciência desperta, atenta, não mais escrava. Ligados na Luz, sempre. E este trecho da carta 4 vem a calhar direitinho com o assunto, confira as palavras do Mestre:

“Gostaria de poder mostrar a vocês como são importantes a cada segundo do dia, em seu lar, em seu trabalho e em seu país! Anseio por ajudar vocês a ver como seus pensamentos estão na origem de tudo o que acontece de bem e mal. Eles são a própria origem de seu bem e de seu mal. Se algum mal ocorrer a vocês, não olhem para o vizinho para ver de onde veio -olhem dentro de seu próprio coração e vejam quando foi a última vez que se desentenderam com alguém de maneira destrutiva-, por calúnia, falsificação da verdade, rejeição ou crítica. Esse foi o momento do nascimento de sua infelicidade no presente!” 

E, finalmente, a Unidade, o Todo que está em tudo.
É fácil: vivendo na simplicidade, na humildade, na compaixão, é inevitável perceber que somos um só. Um com o Universo, com nosso vizinho, com Deus Pai/Mãe, com a Natureza e com seus elementos. Não há mais separação, não existem mais divisão, castas, status social, raças. Acabou.
E abrem-se as portas do Reino dos Céus aqui na Terra. O sofrimento, a tristeza, a agressão, o conflito, a injustiça, a fome, a solidão, o medo e a angústia cessam para sempre. E a tal de morte, aquele pulo interdimensional, finalmente compreendida, desmistificada, até que enfim, vira companheira de jornada, presença natural, amiga íntima de longa data, desde aquele dia em que vimos a luz pela primeira vez.
Perceba a essência destas palavras canalizadas por Ele:

“Digo, sem temor de contradição, que se você vive dentro da proteção do “Pai – a Consciência Divina” porque irradia boa vontade e amor para todo mundo em sua vida e em seu país, inclusive para os chamados inimigos, nunca será atacado, nunca conhecerá a tristeza, nunca estará sujeito a nenhuma indisposição ou desgraça que a consciência humana cria. Você estará envolvido num manto de Luz e Amor e aConsciência Divina fluirá dentro de sua mente, seu corpo e sua vida. Pode ser que as pessoas ao seu redor fiquem doentes, caiam derrubadas por um ataque, ou se “afoguem” angustiadas pelo pânico, mas você caminhará pela mesma estrada, consciente de que ninguém tem o menor poder humano contra O PODER – A FONTE de seu SER, a qual deu seu próprio ser e vida na Terra.
(…) Também estarão contentes por aceitar que a Consciência Divina chamada por qualquer outro nome – Deus, Jeová, o Absoluto, o Infinito, Alá – sempre permanece sendo a Consciência Divina universal que tudo penetra, apesar de todos os diferentes nomes usados por várias nações. Eles terão alcançado aquele nível de despertar espiritual no qual podem perceber que por trás de toda etnia, língua, crença e ações de qualquer espécie, todos os povos – toda a criação em si – é una nas raízes de seu ser. O homem e a formiga compartilham as mesmas origens no equilíbrio da CONSCIÊNCIA UNIVERSAL. ESTA É A VERDADEIRA LIBERDADE. A única liberdade“.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s