Meus livros e meu cantinho

Já fiz alguns poemas falando de meus livros.

Aliás, falo deles como se fossem pessoas que me cercam, meus grandes e queridos companheiros.

Gosto deles e chego a ter até ciúme. Fico muito brava se alguém pega algum deles e dobra as folhas, amassa a capa, escreve alguma coisa.

Os meus queridos são impecáveis. Acabo de ler e parece que nem foi aberto. Lógico que tem alguns inúmeros que já estão amarelados, com cara de gastos, mas é pelo tempo mesmo. A única coisa que fica marcada neles é meu nome e a data em que foi adquirido ou ganho. Alguns poucos escrevo comentários ao final só pra lembrar como me tocou na ocasião em que o li, ou grifo de leve frases importantes ou trechos de interesse.

Emprestá-los é algo que até faço às vezes, mas com muita má vontade e pedindo cuidado e carinho para com eles.

São pedacinhos meus e por vezes até os trato melhor do que a mim.

E agora, além dos meus amigos livros, tenho o meu cantinho.

Sempre quis ter um pedacinho da casa que fosse o “meu pedacinho”.

Agora consegui! Um terraço interno onde coloquei uma poltrona confortável, uns banquinhos para apoio ou outras pessoas se sentarem e ali passo boa parte do dia e da noite. Lendo, pensando, rezando, ouvindo música e até falando sozinha. Sim, porque às vezes falo sozinha. Ou é o pensamento que sai mais alto, sei lá.

E qualquer um dos que chegam em casa já sabem onde me procurar.

Lá no meu pedacinho, junto com meus amiguinhos e tudo o que mais gosto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s