O Dilema das Mulheres Poderosas

Nada mais intrigante do que as dificuldades afetivas relatadas pelas mulheres poderosas, afinal, poder é justamente o que mais elas valorizam nos homens que querem conquistar a qualquer custo.

Também nada mais verdadeiro do que o temor inspirado pelas mulheres poderosas nos círculos masculinos, cujo foco de interesse não é exatamente a dimensão do poder, mas alguns recursos de sedução que as mulheres poderosas tendem a valorizar cada vez menos.  O poder feminino, puro e simples, não estimula um único neurônio nos centros de prazer do cérebro masculino. Já a proporção correta entre a cintura e os quadris…

Amor não é um sentimento sensível aos critérios mais elementares de justiça, igualdade e fraternidade. Amor é algo diferente, é uma mistura de sentimentos irracionais maravilhosos. O verdadeiro amor é uma explosão espiritual involuntária, incontrolável, inebriante, caótica, um verdadeiro vício abastecido pelo que há de mais volátil nos circuitos cerebrais de qualquer um de nós. Não há como enquadrar o amor na lógica do politicamente correto, esse filhote monstrengo da reflexão antropológica concebida para domar os sentidos bárbaros que trouxemos da floresta.

Ironicamente, essa poderosa energia que nos remete ao paraíso é a mesma que nos faz caminhar nas fronteiras mais extremas da prudência, exatamente no ponto de corte onde o cérebro racional vacila frente ao prazer irracional da loucura. Parece exagero, mas é só olhar ao redor. O amor, a paixão, o amor paixão genuíno nos aproxima da essência mais refinada da loucura. É nele que deságua a energia dos nossos sentidos, o poder dos instintos, é através dele que nos aproximamos do homem verdadeiro, da besta, do animal que vive dentro da nossa cabeça e que não está nem aí para o poder que as mulheres não só precisam como justamente merecem pelo que representam na vida de todos nós.

É complicado, mas é exatamente assim, maravilhosamente complicado. Quem consegue, consegue. Quem não consegue que mude, para melhor ou pior. É o preço.

Ney Mário Brasil (médico, empresário, escritor)

***********************************************************************************

Acho muito interessante conhecer e analisar a opinião de um homem com relação a um assunto tão controvertido. Será mesmo que o poder é algo que a mulher valoriza tanto na escolha de seu homem? E o poder pode realmente afetar as relações? Pensando bem acho que o poder altera o ser humano em geral. Tanto homens como mulheres. Agora vou repetir algo que já é chavão: “atrás de todo grande homem, geralmente vem uma grande mulher”. E logo a seguir de uma brilhante mulher, nem sempre vem um grande homem. Não sou feminista intransigente, mas pare pra pensar e veja se não tenho razão nessa colocação. Mas também acho que o amor não tem nada a ver com o poder existente em um ou outro. O amor transcende essa questão. São só comentários para uma reflexão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s