Lágrimas de beleza

Essa lágrima teimosa que brota a todo momento,

é fruto desse meu olhar perdido,

marcado num ponto que na fixação se torna só ponto.

Queria contar da beleza,

mas só em palavras não consigo.

Repito mil vezes: foi lindo!…foi lindo!…

Mas quem define beleza?

É grande demais o que sinto pra trazer no peito fechado.

Sou pequena frente à beleza

e a lágrima vem numa tentativa de alívio.

Caminho sobre as ruas, caminho de todos.

Piso sobre pedras e asfalto, por onde todos pisam.

Mas agora sou diferente.

Sou pequena e forte, mas sou gente.

Queria chorar muito,

derramando sobre o mundo a beleza que trago em mim.

Queria por luz nas trevas, perfume nas flores, imagem nos sonhos.

Queria em lágrimas desintegrar,

mas quem entenderia que não choro por ser triste?

Choro de amor, de grandeza, de encantamento.

Lágrimas de beleza.

Da beleza que trago em mim, explodindo em gotas, lavando a alma.

SK/71

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s