Desencontro

Você pensa que estou sorrindo.

Olhe meus olhos,

veja se neles encontra alegria.

Repare meus lábios.

procure neles franqueza.

Será que você sabe que existo?

Tudo se transforma e as pessoas, com o tempo,

podem se tornar só uma peça.

Sinta o vazio que há entre nós.

Perceba a distância dessas vidas paralelas.

Quem sou eu? Quem é você? Qual sua meta?

Haverá em mim algum objetivo?

Você caminha cego e já não creio que estejamos juntos.

Não sei onde fiquei ou onde o deixei.

Não percebo se somos ou nos deixamos.

SK/71

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s