Faça do hoje sua vida

Ah! Quem um dia já não ouviu principalmente em nossa infância de algum adulto: “se arrependimento matasse!”.
Esse errôneo conceito entrou em nosso subconsciente de tal forma que nos faz ter medo do novo e na mesma proporção faz com que nos mantenhamos sempre em zonas de conforto, nem sempre agradáveis, mas que conhecemos profundamente.

Essas situações confortáveis, no entanto, muitas vezes, não por nossa espontânea vontade, mas por força de terceiros se desfazem e com isso somos pegos de surpresa!
Quando essa surpresa assola o nosso coração, criamos os tão famosos e complicados cordões emocionais, que nos mantém presos a situações que não mais fazem parte de nossa vida. Situações do tipo: quando eu tinha aquele emprego eu era feliz, quando eu tinha a minha família unida eu era feliz, quando eu era pequena eu era feliz, quando eu morava em determinado lugar eu era tão feliz e assim por diante nos mais diversos aspectos de nossas vidas, mas de tudo isso fica a pergunta que em seu coração não se quer calar, porque não ser feliz hoje?

A vida passa de uma maneira muito rápida e intensa e estar preso ao passado não permite que você se conecte com possibilidades futuras, não lhe dá oportunidade de viver histórias diferentes, não possibilita que você realize o seu projeto de vida.

Tudo que um dia foi parte de sua vida, teve um motivo e um sentido Divino para ser e se hoje não mais faz parte é porque há sim um projeto muito maior para você. Tenha absoluta certeza.
Viver intensamente o momento presente representa muito mais do que possamos imaginar, significa enxergar o passado como lembranças verdadeiras de um aprendizado intenso e ver o futuro com todas as enormes possibilidades que são oferecidas a cada segundo em nossas vidas.

Estar bem ou mau a cada instante de sua vida é uma escolha que fazemos e depende somente de nós mesmos.
Quando há um perfeito alinhamento entre o seu corpo, a sua mente e o seu espírito, o equilíbrio começa a fazer parte de sua vida e este discernimento de viver o momento presente de maneira intensa se torna real. Faz com que você se sinta mais autêntico e verdadeiro com você mesmo e com os outros, permite que você se conheça de maneira intensa, buscando assim, sempre os elementos que faltam para o seu crescimento e, acima de tudo, faz com que você estabeleça uma enorme conexão com o todo, vivendo de forma harmônica com entrega e confiança.

Os cordões emocionais que formamos por não viver o presente intensamente e sentir enorme falta do que já passou faz com que você nunca se sinta um ser humano inteiro, é como se a cada segundo de sua vida faltasse algo para fazê-lo feliz, e esta coisa não mais faz parte de sua vida.

A Radiestesia através da Mesa Radiônica desfaz os cordões emocionais que formamos ao longo do tempo, e faz com que nossa energia se torne presente 100% no momento agora. Fará com que você sinta a sua presença mais intensa em toda parte. A sintonia se estabelece a cada momento em sua vida e sentirá que foi traçada para ser da maneira que é; tudo acontece em sincronicidade.

Viver de um passado que já não faz parte de sua vida pode fazer com que você adoeça por ter seu masculino ou feminino ferido, ou ainda o levar a doenças cardíacas por apego, ou ainda a problemas psíquicos por dificuldade de lidar com superiores.

E uma certeza absoluta a seguir virá: sua vida parou naquele momento que você não se desprende. A ajuda se faz necessária e, de forma energética, quando eliminamos esses cordões emocionais, por mais que voltemos a vícios de comportamento, aquela conexão não será mais possível, pois a energia foi dissipada.

Há algum tempo, atendi uma moça do interior de São Paulo que se dizia completamente infeliz com a empresa que estava trabalhando, dizia que a sua vida havia criado uma estagnação incrível depois que havia mudado para esta empresa. Seu lado emocional havia se desestruturado pela sua infelicidade e no aspecto financeiro, havia desabado… e não sabia nem ao menos onde seu dinheiro ia parar… e por isso sua saúde estava completamente abalada.
Contou-me ainda que durante algum tempo trabalhara em São Paulo em uma multinacional maravilhosa, onde havia respeito entre as pessoas, que o ambiente era muito bonito, que pessoas do seu nível social ali, enfim tudo era ótimo e ela só havia sido feliz até sair de tal empresa.
Neste exato momento, perguntei a ela o porquê de sua saída e ela me disse eu queria crescer profissionalmente e me lançar a novos desafios, por isso optei por uma empresa menor em que eu pudesse ser considerada uma pessoa e não um número.

Na minha ótica, a resposta estava ali, ela se prendera de tal forma como referencial ao emprego anterior que nada dali para frente seria melhor, pois a comparação se instalava a cada momento.
Iniciei com o equilíbrio de todas as suas frequências energéticas e parti, então, para desfazer os bloqueios e cordões emocionais que ainda a prendiam ao emprego antigo, a cada novo bloqueio identificado se tornava mais e mais claro para ela quantas possibilidades ela estava desperdiçando no presente. Quando concluímos a eliminação de todos os cordões emocionais e bloqueios formados, sua visão sobre o todo já era outra, e eu, no intuito de trazê-la para o presente, fiz a seguinte pergunta: você me disse que trocou de emprego para se lançar a novos desafios e crescer e o que você está fazendo para isso? Silêncio absoluto…

Ela percebeu de corpo e alma o quanto permanecia presa a algo que não mais fazia parte de sua vida e resolveu mudar.
Ainda a acompanhei por alguns meses com a Mesa Radiônica a fim de ter absoluta certeza que não haviam mais bloqueios energéticos e que os vícios de comportamento do passado não mais desestabilizavam sua energia.
Hoje depois de se enfiar de cabeça no presente e fazer do emprego atual o melhor que podia existir, em uma oportunidade de reestruturação da empresa, tornou-se uma das sócias proprietárias e a sua virada de vida tão desejada se concretizou por completo.

De tudo isso, fica a lição: viver de passado faz com que possibilidades futuras sejam desperdiçadas. Existem situações que vivemos em nossas vidas que parecem castigos, quando, na verdade, são o remédio para nos colocar no caminho correto rumo ao nosso projeto de vida.

Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site SomosTodosUm, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Visite  Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook Email: isabelc@uol.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s