Arquivo | 2 de novembro de 2012

Pensamentos colhidos

Coleciono frases assim como muitos amigos o fazem. Lógico que não cheguei à completude de meu amigo Roberto Duailibi que conseguiu reunir em 2 pesados livros as frases que foi colecionando pelo caminho. Algumas sei quem é o autor. Outras colhi sem saber, mas acho que todas são válidas. E hoje com a internet, com raras exceções, está difícil realmente saber autorias.       Por isto não vou colocar autor em nenhuma. Não vou nem colocar aspas.

– Não chore por algo que não terminou, mas sorri porque aconteceu.

– Se meu silêncio não lhe diz nada, minhas palavras serão inúteis.

– A vida é breve, mas cabe nela muito mais do que somos capazes de viver.

– Nada se leva da vida…só se deixa. Então deixe o melhor.

– O homem comum fala, o sábio escuta, o tolo discute.

– O macaco também cai da árvore.

– De que filho a senhora gosta mais?

. Do pequeno até que cresça; do ausente até que volte; do doente até que sare.

– Cada homem deve inventar seu caminho.

– Nasci para satisfazer a grande necessidade que eu tinha de mim mesmo.

– O homem deve ser inventado a cada dia.

Anúncios

Compreensão – Osho

As pessoas que se amam podem se separar, mas a compreensão que foi ganha na companhia do outro sempre permanecerá como uma dádiva. Se você amar uma pessoa, o único presente valioso que você pode dar a ela é alguma dose de compreensão.

Converse com o seu parceiro e entenda que algumas vezes ele precisa ficar sozinho. E este é o problema: essa necessidade pode não acontecer ao mesmo tempo para vocês. Às vezes você quer ficar com a pessoa, e ela quer ficar sozinha – nada pode ser feito com relação a isso. Você precisará compreender e deixá-la sozinha. Às vezes você quer ficar sozinho, mas ela quer vir a você – diga-lhe que você não pode fazer nada!

Crie cada vez mais compreensão. É isto que falta aos parceiros amorosos: eles têm suficiente amor, mas nenhuma compreensão, absolutamente nenhuma. Por isso, nas rochas da incompreensão o amor que sentiam, morre. O amor não pode viver sem a compreensão. Sozinho, o amor é muito tolo; com a compreensão, o amor pode viver uma longa vida, uma grande vida – de muitas alegrias compartilhadas, de muitos belos momentos compartilhados, de grandes experiências poéticas. Mas isso acontece somente através da compreensão.

O amor pode lhe dar uma pequena lua-de-mel, mas isso é tudo. Somente a compreensão pode lhe dar uma profunda intimidade. E cada lua-de-mel é seguida pela depressão, pela raiva, pela frustração. A menos que você cresça em compreensão, nenhuma lua-de-mel ajudará; ela será como uma droga.

Assim, tente criar mais compreensão. E mesmo que um dia vocês se separem, a compreensão estará com vocês. Essa será uma dádiva do amor de um para com o outro.