O fascínio da borboleta

“Uma borboleta voa e você levanta a cabeça para segui-la.

Tenta acompanhá-la com olhares, não somente pela graça do seu voo  mas por seu significado poético.

A borboleta é o símbolo mais perfeito do ócio artístico e da liberdade criadora.

Fascina porque é bela e livre. As borboletas são independentes.

Não existe ciúme entre elas, nenhuma controla o voo da outra, não existe desenho prévio para o tipo de voo que vão voar quando saem a passeio.

Não fazem planos para os voos do dia seguinte, não acumulam coisas, não carregam nada nas costas, não se casam nem se prometem coisas absurdas.

Por isso as borboletas fascinam.

Por isso as pessoas querem seguir as borboletas.

Voar como elas. Ser como elas.”

(Trecho de matéria de autoria de Edson Marques)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s