Arquivo | 26 de novembro de 2012

Gosdimais da conta docê, uai!

Esta eu jamais poderia deixar de registrar aqui. É uma declaração para meus queridos que me visitam, numa forma gostosa de contato de boa mineira, uai! Além de também uma homenagem ao Chico Bento e Rosinha, meus personagens preferidos dentre os do Mauricio de Souza.

Ocê é o colíriu du meu ôiu.

É o chicrete garrado na minha carça dins.

É a mairionese du meu pão.

É o cisco nu meu ôiu (i no ôtro oiu – eu teinho dois).

O rechei du meu biscoito.

A masstumate du meu macarrão.

Meu Deusdoceu!

Gosdimais da conta docê, uai.

Ocê é tamém:

O videperfume da minha pintiadêra.

O dentifriço da minha iscovdidente.

Óiprocevê,

Quem tem auguémssim, tem um tisôru!

Ieu guárdesse tisouro, com todu carinho ,

Du lado isquerdupeito !!!

Dentro do meu Coração!!!

AMO ocê, uai!!!

Anúncios

Introspecção

“Introspecção é o desejo de ser bom.

Traz a possibilidade de olhar para dentro e ver o verdadeiro eu no espelho do coração.

Permite ativar minha espiritualidade, ou seja, minha bondade inerente.

Com introspecção, os traços negativos passam a perder força.

Fico livre das expectativas que os outros possam ter de mim.

Não espero que eles reconheçam minha bondade ou me considerem bom.

Fico satisfeito com o que sou e continuo a trazer o melhor para dentro de mim.

Continuo a aprender com todas as situações e experimento progresso.

Introspecção é ficar livre da influência das negatividades”

 

Brahma Kumaris