Rugas Irretocáveis

Achei este poema em meus guardados de anos atrás. Desconheço a autoria, mas é de uma realidade e de uma semelhança comigo que tive de aqui registrá-lo. Confesso que armei pequenas alterações no que diz respeito a idade apresentada. A mulher que escreveu era mais jovem e também não tenho cabelos loiros pintados por ter decidido há muitos anos adotar o natural branco que, por sinal, acho muito bonito. Lembro-me que comecei a embranquecer quando, aos 43 anos, soube que ia ser avó. Na época, minha filha que assim me premiou, tinha 15 anos. As rugas foram surgindo com o decorrer do tempo, o que é inevitável mesmo. E por uma ocorrência não muito feliz deste último ano, elas aumentaram numa proporção que até me espanto.  Mas tudo isto é e faz parte da vida.

mulher com rugas

 rugas

Tenho cabelos loiros pintados, 
para esconder os fios brancos. 
Não me lembro exatamente em que ano eles começaram a branquear.
Tenho algumas rugas em volta dos olhos, 
mas também não me recordo 
quando elas começaram a aparecer.
Tento disfarçá-las, 
tantas novidades no campo da dermatologia, 
achei por bem aproveitá-las.
Do corpo não cuido quase, 
só recentemente entrei para uma academia por ordem médica.
Ele me disse que na minha idade preciso de exercícios. 
Mas, falto mais do que vou, não gosto de fazer ginástica
Das minhas unhas cuido semanalmente, 
penso que elas são uma porta de visita. 
Unhas maltratadas causam uma péssima impressão.
De uns dois anos pra cá descobri os cremes, 
ai compro um aqui outro ali e no final não uso. 
Porém, só de olhá-los na prateleira, 
percebo que as rugas se retraem. 
Mantenho a vaidade, 
entretanto não em excesso, 
penso que na medida certa para uma mulher
Enfim os anos passam e as marcas que eles deixam em nós,
não temos como conter. 
Nem pretendo isso.
Penso que cada marca que meu corpo carrega, 
tem uma linda história.
Às vezes me pego na frente do espelho,
vejo uma nova pequena ruga 
e já me coloco a calcular o que a causou.
Depois reencontro com outra 
que já está lá vincada há anos 
e me recordo quando ela apareceu.
Poderia enumerar também a história 
de cada fio de cabelo branco. 
Foram pais, filhos, marido, amigos… que colocaram ali. 
Não quero me desfazer de nenhuma dessas marcas, apenas amenizá-las. 
Mereço isso. A vida me deve isso.
Hoje a parte que merece mais a minha atenção, tem sido a cabeça. 
Tento, todos os dias, colocá-la no lugar, 
equilibrá-la, alimentá-la com sonhos e alegrias. 
Corpo e mente caminham juntos. 
Se um estiver em estado lastimável,
o outro provavelmente vai se deteriorar.
Não escondo minha idade. 
Não adiantaria falar que tenho cinquenta e cinco
e apresentar uma filha de quarenta e dois.
Portanto confesso: 
Tenho sessenta e sete anos. 
Metade deles bem vividos, 
a outra metade muito sofridos
É aí que está o encanto da minha idade. 
Conheci de tudo um pouco, 
das lágrimas aos sorrisos e ambos me fizeram ser essa pessoa que sou agora. 
Ficaram as rugas no rosto e na alma, 
contudo ficaram sorrisos em ambos. 
Minhas rugas mais bonitas 
são aquelas marcas de expressão 
que eu adquiri de tanto sorrir, 
muitas vezes quando o coração chorava.

 

 

Anúncios

8 pensamentos sobre “Rugas Irretocáveis

  1. Outro dia uma amiga, talvez querendo ser gentil, e também porque ela já fez várias (sem precisar), perguntou-me se eu tinha feito “plástica”. Sem nem pensar, respondi que preciso de plástica é na alma. E pra essa, a gente sabe, não tem. Mas achei interessante isso; antes eu queria cultivar a minha inteligência; hoje sei que a alma é que precisa de cuidados. Com o corpo, sou sincera, nunca me preocupei, o que deve ser um grande erro. Mas quer saber? Tô nem aí; cada um tem as suas prioridades.

    • Nunca fiz e nunca farei plástica por vaidade. Pra mim é totalmente fora de cogitação. Sempre busquei cuidar de minha cabeça e mesmo assim até hoje é meio confusa rsrsrs
      E como eu disse pra minha amiga Elza, a vida é só uma grande passagem pra irmos treinando nossa alma. Beijos

  2. Sonia, olá! Passando para te mandar beijos e um abraço grande, que brevemente serão dados pessoalmente. Do teu post sobre idade, lembrei-me de algo que sempre me intrigou. Por que cargas d’água alguns mentem, omitem e ou desconversam contar a idade? Será talvez porque muito do que tenham vivido na idade real, ocultada, não seja motivo de orgulho? Sei lá… Acho muito bacana você abordar o tema, pois o decorrer dos anos, nos lançam em diferentes fases da vida, onde teremos que nos encontrar, comparo a uma vestimenta, será tanto confortável ou não, conforme nossa escolha. Advertência: quando você me vir novamente – já te aviso – estranhará muito minha aparência. É que pintaram um quadro onde posei, e algo muito peculiar anda acontecendo, desde então. Já começam a notar… rs! Você verá!

  3. Dorian Gray??? Não é, né? pelo amor de Deus!!!! A questão de idade é algo muito relativo. Conheço pessoas que se recusam terminantemente falar sobre a própria idade. Algo estranho pra mim, pois não vejo nada demais. Lembro-me que quando adolescente era doida pra ter 18 anos pra ser maior e independente. Doce ilusão essa tal independência. Fiquei independente muito cedo mas com tantos dependentes de mim que tenho de reanalisar se valeu a pena rsrsrs
    O tempo é implacável e passa queira-se ou não. Importante é viver com qualidade e ser feliz na maior parte do tempo. Sem isso pode-se ser jovem ou idoso, não faz diferença. Grande beijo

  4. Sabe o porquê do tabu em relação à idade? É por causa do preconceito. Ano passado, um amigo foi comprar um carro e… não foi bem tratado pela funcionária, acredita? Depois, uma pessoa da família o acompanhou para se queixarem com a gerência, mas o mal já estava feito. Terrível isso; chega a ser nojento saber que os seres humanos podem ser discriminados, destratados, por causa da idade, por outro ser humano…

  5. Qualquer preconceito eu abomino. Mas a ignorância de alguns é incompreensível, pois todos seremos idosos um dia, se tivermos o privilégio de contarmos com a vida, certo? Então preconceito ou desrespeito com os mais “rodados” na vida é pura tolice consigo mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s