Arquivo de Tag | ser

Sou como sou

Esta questão de “sou como sou e não como querem que eu seja” valeu uma boa reprimenda e castigo quando que era menina e ainda estudava interna em colégio de dominicanas.

Não resisti colocar tal frase em um santinho que dei para uma freira que eu gostava muito.

Creio que eu não era das meninas mais quietinhas e passivas e devo ter feito algo naqueles dias que não comportava eu mesma referendar rsrs

Acho que foi por isto o castigo.

Mas esta frase  – que vi pela primeira vez em um caminhão rodando pela estradinha de Poços de Caldas à Guaxupé – ficou sempre gravada em meu subconsciente.

Este quadro que encontrei agora vem complementar o que realmente penso.  

Uma pequena correção.

Eu era quietinha sim, mas no silêncio, doçura e timidez que aparentava, escondia-se sempre um tanto de rebeldia

que fazia questão de se mostrar nem sempre de forma devida e não atrevida.

E que bom que consegui manter pela vida afora o ser assim, sem perder meus sonhos.

sou como sou

Esta terra não te pertence

Quando vi esta imagem hoje só pude me lembrar, de imediato, de um amigo amado que está passando por um momento de dor. Este post dedico a ele que vai entender com profundidade o que estou querendo lhe passar. Ficamos tentando explicar a morte quando não conseguimos nem mesmo entender a vida. Ficam aqui meu carinho e solidariedade expressos na forma mais lúcida – se é que pode haver lucidez em certos momentos – que encontrei para falar com o querido amigo.

 sangue nas veias

Silêncio

 

silêncio

A vida barulhenta
é trocada pela voz de seu coração.
Quando as palavras se calam no seu interior,
você experimenta a sensação do divino.
As noites agitadas de quem
não quer perder nada
são substituídas por
encontros mais tranqüilos
dentro de sua alma.

Viver o silêncio de seu ser
consiste em esvaziar seu
coração de todos os desejos,
pensamentos, fantasias,
tudo o que você guardou dentro de si,
e deixar um espaço
para sua alma
se expressar sutilmente.

Entender palavras é muito fácil,
mas você
experimentará o perfume da vida
quando compreender
os milagres que acontecem
quando um olhar
encontra silenciosamente
o olhar de outra pessoa.

Você conhece a
verdadeira amizade
quando as palavras
não são necessárias
e consegue perceber a beleza
da lua encontrando o sol.

Seu interior tem muito
mais a dizer do que todo
o noticiário dos jornais.
Seu ser tem mais força do
que todas as imagens das novelas.
Quando acontece o silencio,
você não tem
mais nada para provar.

Roberto Shinyashiki

Não ser

Ser um corpo somente,

possuidor de carne,

ossos e movimentos.

Ser uma matéria pura,

um chute do universo,

uma bola quadrada,

jogada e pisada.

Ser tudo e nada ser.

Não ter amor,

não querer bem,

não sorrir, não chorar, nem sentir.

Nada ser para nadar dar, nada receber.

Nada fosse,

não seria a alma em seu caminho,

o amor que despreza sem conhecimento.

Faltas

Faltam-me palavras,

faltam-me formas de colocar.

Pensamentos,  pensares, sentimentos.

Faltam-me formas de ser.

E na falta de ser,

como colocar o que sinto?

Faltam-me os sentires?

Não, não faltam.

Sinto a falta do que tanto sinto falta.

Falta da emoção,

do sentir o coração batendo, da vibração.

Falta… que falta me faz o amor vibrando alto!

Isto é existir sentindo falta.

Medo

Quanta violência!

Tenho medo e medo demais.

Medo de sair e de voltar.

Medo de ser e até de não ser.

De ser gente nesse mundo todo.

De ser animal nesse mundinho ilustrado.

Medo de ter dinheiro.

E de não ter.

Medo de comer o que se compra.

E de ler sobre o que se come.

Medo de perder a saúde

E ter de ser cuidada pelos que cuidam.

Muito medo.

E é o que preenche meus caminhos.

Onde será que vou desembocar?