Arquivo de Tag | sorrisos

Sorria…. viva!

Pense bem. A vida é um lapso no tempo.

V. é criança… pouco mais adolescente… logo em seguida jovem… mais um tequinho e torna-se adulto.

Luta, corre, fala em realizações, procria, caminha contra o vento, às vezes “sem lenço e sem documento”…  

num estalar de dedos e chega a maturidade,

logo seguida da tal velhice e passa a ser chamado de “terceira idade” ou idoso.

É tudo tão rápido que a gente só vai sentir que, de repente,

se olha no espelho e as rugas se instalaram,

nasceram pelos onde sempre foi liso, dores estranhas começam a doer aqui e ali….

os cabelos vão rareando sendo homem ou mulher….

Os sonhos vão ficando distantes… 

A memória vai escapando…

Daí a gente tem de parar, olhar pra trás e ver que a vida é mesmo um raio.

Então…….sorria

Anúncios

Vida que se renova

FELIZ ANO NOVO!

feliz ano novo

Há dias e dias que pelas madrugadas fico pensando, pensando e escrevendo em pensamento. Tenho tanta coisa pra falar, mas não tenho conseguido sentar aqui e registrar. Agora me sentei, um copo de suco de uva ao lado e vamos conversar um pouquinho.

 

Um novo ano se aproxima e preciso deixar falado que este ano que já se coloca no horizonte, partindo pra sempre, não foi dos mais fáceis pra mim. Passei por períodos de muito medo, de muita insegurança, de muita dor física e emocional, mas consegui atravessá-lo por inteiro e sem perder a esperança de que novos dias estão chegando com surpresas agradáveis, momentos de paz e amor para todos os que amo.

 

Apesar das dores, tive prazeres enormes conhecendo pessoas maravilhosas que me cercaram e conviveram comigo dia a dia, tanto pessoal como virtualmente.

Sim, porque hoje a gente consegue conhecer, conversar e conviver, mesmo virtualmente, com a mesma sensação de presença física.

 

Conheci pessoas que se dedicam a cuidar de outros com sorrisos e palavras de entusiasmo;

– pude me encontrar com gente que é poeta, que escreve textos belíssimos que é algo que sempre admirei muito;

– pude me aproximar de gente que é artista de alma, que pinta, escreve, canta e encanta;

– conheci outras que têm uma vida semelhante a minha, que cuidam de animaizinhos amados, moram em uma casa simples, mas cheias de amor e esperança, com as quais estreitei laços que serão de amor para sempre;

– conversei com muita gente que me fez muito bem espiritualmente, que me animou em momentos complicados;

– tive visitas de pessoas lindas que só conhecia por aqui e que vieram me ver e até trouxeram mimos para me alegrar e como forma de nos conhecermos pessoalmente;

– tive a graça de contar com a ajuda de pessoas queridas, até chegadas familiarmente, mas que me surpreenderam com a solidariedade e carinho que se demonstram em atitudes;

– tive a oportunidade de contar com amigos sinceros e com presença constante, que se preocuparam em fazer e trazer comidinhas que pudessem me agradar e fazer bem, que foram comigo até subir em árvores pra colher folhas de chá que me ajudariam.

 

Tudo isto não tem preço. Não tem forma de se agradecer. Tenho só mesmo de abençoar a cada um, pedindo a Deus que lhes dê o retorno de todo este bem que me fizeram. 

Por este aspecto foi um ano lindo. Minhas experiências de saúde não foram  das melhores, mas trouxeram consigo momentos muito especiais.

 A VIDA é isto!

Coisas tristes que trazem em seu bojo também a alegria.

A compensação sempre acontece.

E isto é muito importante.

Viver o dia a dia, sem perder os melhores momentos.

Chorar para aprender a sorrir cada vez mais e de forma completa.

Se não tivesse chuva não teríamos a possibilidade do arco-íris com suas cores divinas e incomparáveis.

Sempre falei e agora posso repetir com certeza que quem não sabe chorar não pode aprender a sorrir.

Quem não passa por experiências complicadas não consegue encarar fatos simples.

 

Aprendi nessa caminhada a me desapegar de coisas materiais que não conseguia antes. Foi um aprendizado pra eu nunca mais dizer de boca cheia que a coisa mais importante da vida é o dinheiro, pois com ele existindo até cuidar da saúde é mais fácil.

Doce ilusão.

 

Afinal tudo é importante. Cada coisa tem seu valor e sua colocação no espaço desta vida. Isto é o VIVER.

Isto é o caminhar que se inicia no útero da mãe e vai nos conduzindo como numa formação de elos, cada fato se juntando aos outros, cada dia proporcionando novos acontecimentos que se juntam e que recebe o nome de VIDA.

 

E é muita VIDA – completa, com grandes surpresas, com lágrimas e sorrisos, com dores e

amenidades, com a condição de conhecer pessoas que enriquecem cada dia e fazem valer a

pena, com todos os jogos de perdas e ganhos, com todos os elos que compõem esta grande

sinfonia – muita e muita VIDA é o que desejo a todos que fizeram e fazem parte da minha.

 

 ramal

Amizade e Juventude

Conheces a relação entre os teus dois olhos? 

Eles piscam juntos,  movem-se juntos, choram juntos, vêem as coisas juntos e dormem juntos.
Ainda que nunca possam se ver um ao outro…

A amizade deve ser exatamente assim! 
 
Estamos na semana mundial do melhor amigo.

Quem é o teu melhor amigo? 
 
Campanha! Os amigos também dizem: TE AMO!!!…

buquê

COMO MANTER-SE JOVEM

1. Elimine os números que não são essenciais.Isto inclui a idade , o peso e a altura..
Deixe que os médicos se preocupem com isso.

2. Conserve só os amigos divertidos.Os depressivos jogam-no para baixo.
(Recorde isto se for um desses depressivos!)

3. Aprenda sempre:
Aprenda mais sobre computadores, artes, jardinagem, o  que quer que seja.

Não deixe que o seu cérebro se torne preguiçoso.
‘Uma mente preguiçosa é a oficina do Alemão.’ e o nome do Alemão é Alzheimer!

4. Aprecie mais as pequenas coisas.

5. Ria muitas vezes , durante muito tempo e muito alto.

Ria até que lhe falte o ar.
E se tem um amigo que o faz rir, passe muito mais tempo com ele / ela!

6. Quando as lágrimas aparecerem
Aguente, sofra e supere-as.

A única pessoa que fica conosco toda a vida somos nós mesmos.
VIVA enquanto estiver vivo.

7. Rodeie-se das coisas que ama:
A família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja.
O seu lar é o seu refúgio.

8. Cuide da sua saúde:
Se é boa, mantenha-a.
Se é instável, melhore-a.
Se não consegue melhorá-la , procure ajuda.

9. Não faça viagens de culpa. Viaje para o shopping, para um país diferente,
Nunca para onde  haja culpa.

10. Diga às pessoas que ama, que as ama em cada oportunidade.

Se A VIDA É BELA POR QUE NÃO SORRIR SEMPRE?

”… Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda…” Cecília Meireles

A fuga

Estou alegre?

Não, não estou.

Esta euforia, esta agitação, esses sorrisos imensos,

essa vontade de não parar, de gritar, de cantar,

de sair andando, correndo, não enxergando, não sentindo,

tudo isso que venho sentindo é pura e simples mais uma forma de fuga.

Nasci buscando e fugindo.

E vou passar muito tempo fugindo, de alguma forma escapando.

Sorrindo, cantando, falando, fazendo charme com sorrisos marotos,

com uma virada repentina, com uma maneira de sentar diferente.

Pura simulação, bem sei.

Achando que não poderei ser eu simplesmente,

por que permanecer como não sou realmente?

É melhor fugir, correr, gritar, fingir uma alegria que nem existe.

Disseram-me que agrido quando resolvo sorrir o tempo todo.

Talvez seja isto que quero: agredir.

Dar um chute em tudo. Em toda essa parafernália à volta,

em todas essas máquinas que se dizem humanos.

É um tal de entrar e sair, falando bom dia, boa tarde, até logo, prazer, dá licença, obrigada, desculpe.

Pra que tudo isso afinal? É isso então o mundo e a vida?

É essa educação que nos passam enquanto crianças que devemos repetir pra sempre?

Por que não dizer: detesto você, você não me agrada, gosto de você, de você também,

eu amo você, tome um beijo, dê-me sua mão, segure a minha, receba esse sorriso que fiz pra você,

enxugue essa lágrima que rolou, tome uma flor, façamos amor.

Mas o mundo é muito formal.

E dinheiro, então?

Corre-se, levanta-se, sai, vai, volta, sofre, se perturba, se desumaniza, vira-se máquina,

agride, se acaba, se mata.

Tudo pra poder comprar uma flor que não cobra pra nascer,

um luxo que não é necessidade e até pra comprar o amor, imagine!

Dinheiro pra comprar o mundo e seus moradores.

Que planeta maluco!

Cheio de jatobás que ninguém se preocupa em aparar.

Quase sem flores, que não se preocupam em cuidar.

Cheio de reis querendo imperar não importa sobre o que ou quem.

Cheio de contadores de dinheiro,

cheio de bêbados que bebem pra esquecer que já não existem

e, se não forem bêbados não serão nada mais.

Que planetinha louco e vagabundo…

Ou louca e descabida sou eu?

SK/71

Um dia imperfeito

Fui solicitada a colaborar pra se fazer uma redação curta, para um exame que nem me lembro qual, cujo tema devia ser “Um dia imperfeito”. Pensei e repensei e quase não chegava a  uma conclusão e nem conseguia ajudar quem me pediu. Resolvi apelar para o dicionário pra ver se encontrava uma solução e inspiração pra escrever sobre algo assim.  Achei que um dia imperfeito seria vazio. E daí, buscando o vazio e seu significado, concluí:

NADA É A CONDIÇÃO DE VAZIO TOTAL.

Um dia vazio nunca poderá ser perfeito.
Ser vazio de acontecimentos bons ou maus, vazio de sensações,
vazio de emoções, vazio de sorrisos ou lágrimas, vazio de notícias
das pessoas que se ama ou até dos desafetos, tudo representa um dia não perfeito.

Acordar e não ter pra onde ir,
não constar nenhum objetivo,
não ter nada a requisitar nem ser solicitado pra coisa alguma.

É um dia nada perfeito, feito de nada.

Não ter com quem falar e até por isso não poder escutar.
Não encontrar o que ver e sentir-se cego por isso.

Tudo isto que compõe o vazio, é o contexto de um dia nada, nada perfeito.

Quanto

Quanto tempo estou calada.

Quanto de vida se escorreu em mim.

Quanto de morte se chegou e se foi.

Quanto de sorrisos se esvoaçou.

Quanto de lágrimas me jorrei.

Quanto fui e não serei.

Quanto nem pensei e sou.

Quanto de vida me esquivei.

Quanto de perguntas fugi.

Quanto de respostas eu dei.

Quanto de tanto eu fui.

Quanto de ser serei.

Perguntas ou respostas?