Arquivo de Tag | universo

Livre Arbítrio

conexões

O modo como Universo dança dentro de você contém o mesmo ritmo da vida lá fora. São as suas vibrações, pensamentos, crenças, atitudes e forma de se expressar que estão fornecendo matéria prima para que os acontecimentos venham até você. Quando você faz uma escolha e a imagina em sua vida, você está apontando o dedo para uma possibilidade ou um conjunto de possibilidades num vasto e infinito campo de outras probabilidades. Quando você observa a sua escolha (através de uma imagem ou imaginação), imediatamente, ela olha para você. Este contato é travado através da força do seu foco. Às vezes, achamos que nada está acontecendo, mas por trás deste campo universal há uma incrível gama de energias se formando para que o seu desejo se torne real. Tudo o que pertence ao campo em nível quântico e virtual, está aberto para nossas escolhas o tempo inteiro.

O livre arbítrio é uma grande chave, nos permite escolher qualquer coisa que nossa consciência possa apreciar. Por isso que os níveis de sofrimento estão tão atrelados ao nível de consciência.

Muitas pessoas não têm acesso ao seu próprio poder de escolha e se conformam com suas limitadas crenças sobre a vida. Cada um de nós estabelece nossos próprios limites e rompemos quando damos ouvidos a um impulso evolucionário na alma. Crescer significa estar atento à felicidade. A bem aventurança está diante do poder de nossas escolhas. Os seus sentimentos, desejos ou lembranças estão vinculados a um campo invisível que se une ao campo quântico para poder existir em nível físico. Quanto mais você estiver focado naquilo que você deseja, mais mensagens elétricas e cerebrais você estará enviando ao núcleo da sua possibilidade. Quando você olha para o seu desejo e se encanta com ele, essa escolha está também lhe encarando e se encantando por você. Você faz o convite e uma reciprocidade se faz real. E, então, o processo de atração acontecerá naturalmente em sua vida

 

V. Weyrich

José Batista de Carvalho – Mundo Natural

O Universo só lhe dá aquilo que v. acredita

espiritualidade

Eu sou a minha casa, na minha casa há duas portas. Uma me liga a Deus – Luz imensa, tão maravilhosa e curadora! A outra é de sombra: sofrimento, dúvida e o uso de uma linguagem afastada do amor e da gratidão. Eu escolho o que vai entrar na minha casa. Fecho uma porta e abro outra através de meus atos, invocações, pensamentos, palavras… E muita disciplina.

universo só lhe concede aquilo que você sente, não pode ser diferente!

Quando você pede por algo é o Todo pedindo para o Todo. Às vezes, seus pedidos advém do ego, e ainda assim eles são atendidos. Porém, a sua satisfação não pode durar muito, logo a sensação de realização se esvai e você fica entediado e resmungão, porque o espírito não foi trabalhado em seu interior. Quando os seus pedidos tem um propósito de alta felicidade espiritual, então Deus começa a agir com um poder absoluto de dentro para fora em seu universo. Você começa caminhar por um caminho de revolução íntima, e todos os seus anseios serão nivelados a uma luz de compreensão divina. O espírito de Deus começa a ser derramado em você como aquele que mostra o caminho e lhe faz profundamente satisfeito em sua presença. Tão satisfeito que os resultados passam a não ser mais importantes! E chegar a este nível, exige de você uma entrega total.

Você nunca verá alguém receber nada do que não mereça, então por que ficar indignado? Você NÃO pode ir contra essa corrente de atividade de justiça divina e encontrar a felicidade na esquina. Toda vez que você reluta e se frustra é sinal de que está fechando uma porta que deveria estar sempre aberta. Tem alguém que foi abandonado em seu interior e este alguém sempre se sentirá injustiçado. E quando você encontra alguém recebendo a sorte e a bem aventurança é o universo nas mãos de Deus fazendo jus àquilo que esta pessoa tem por dentro.

O universo favorece aquele que é inteligente e sabe nadar na corrente, e às vezes, mesmo diante do mar revolto, trabalha em função do espírito para que este seja a sua candeia de luz em tempos difíceis. Este homem inteligente sabe que tudo lhe será devolvido e mesmo que ele não saiba, ainda assim aprecia estar na companhia da luz. Aquele que ignora tudo isso é apenas um verificador dos fatos. Ele olha para vida e diz: que droga! E nada faz para mudar o império de insatisfações que pulsa dentro dele. E o universo lhe devolve mais de todas as suas contestações mundanas.

Esteja na presença de uma luz avassaladora e as respostas virão:

Deus eterno guie-me para a sua luz tão imensa! Senhor do Universo, mostre-me a grandeza do teu amor por mim! Que tudo o que eu falar venha da sua voz. Que tudo o que eu enxergar venha dos seus olhos. Que tudo o que eu pensar venha do seu pensamento tão sublime. Porque o teu espírito é aquele que me dá muita alegria!

Vivian Weyrich

– publicado em Universo Natural /  José Batista de Carvalho

Seu eu superior sabe o que é melhor pra você

depressão

Quem somos? Por que estamos aqui? Quais são as suas convicções na vida? Durante milhares de anos, a busca das respostas para estas questões significou ir para dentro. Mas o que significa isso?

Acredito num Poder dentro de cada um de nós que nos pode conduzir com amor a uma saúde perfeita, aos relacionamentos perfeitos, às carreiras perfeitas e que nos pode proporcionar toda a espécie de prosperidade. Para alcançarmos esses resultados, temos primeiro que acreditar que isso seja possível. Temos também que estar preparados para nos libertarmos dos padrões nas nossas vidas que causam as condições que dizemos não desejar. Podemos fazê-lo progredindo para dentro, conectando-nos ao Poder Interior que sabe o que é melhor para nós. Se estivermos preparados para entregar as nossas vidas a esse Poder superior dentro de nós, o Poder que nos ama e sustem, podemos trazer mais amor e prosperidade às nossas vidas.

Creio na ligação constante entre as nossas mentes e uma Mente Infinita. Como consequência, todo o conhecimento e sabedoria estão permanentemente disponíveis. Estamos ligados a esta Mente Infinita, este Poder Universal que nos criou, através dessa centelha de luz interior, o nosso Eu Superior, ou o Poder interior. O Poder Universal ama todas as Suas criações. É um Poder do bem que tudo rege nas nossa vidas. Não conhece o ódio ou a mentira ou o castigo. É amor puro, liberdade, compreensão e compaixão. É importante entregarmos as nossa vidas ao Eu Superior porque é através Dele que recebemos o nosso bem.

É necessário compreendermos que temos a escolha de utilizar este Poder de qualquer forma. Se escolhermos viver no passado e remoer todas as situações e condições negativas que então ocorreram, nesse caso não saímos de onde estamos. Se pelo contrário decidirmos conscientemente não ser vítimas do passado e tomarmos a cargo a construção de uma nova vida, esse Poder interior concede-nos todo o apoio e novas experiências felizes começam a desenrolar-se. Não acredito em dois poderes. Penso que existe um Espírito Infinito. É demasiado fácil dizer “É o diabo” ou eles. Somos nós apenas e, ou utilizamos o poder que temos com sabedoria, ou o desperdiçamos. Será que temos o diabo nos nossos corações? Condenamos os outros por serem diferentes de nós? O que é que estamos a escolhendo?

Também creio que contribuímos com os nossos pensamentos, padrões de sentimentos, para a criação de toda e qualquer situação na nossa vida, boa ou má. Os pensamentos criam os sentimentos e vivemos as nossas vidas de acordo com esses sentimentos e convicções. Isto não quer dizer que tenhamos de nos culpar por tudo o que correu mal nas nossas vidas. Há uma grande diferença entre ser responsável e culpar-nos ou aos outros.

Quando me refiro a responsabilidade, na verdade estou falando sobre ter poder. A culpa é um processo de desistência do poder. A responsabilidade atribui-nos o poder de introduzir mudança nas nossas vidas. Se fizermos o papel da vítima, estamos a utilizar o nosso poder pessoal para nos tornarmos indefesos. Se decidirmos aceitar a responsabilidade não perdemos tempo culpando ninguém ou uma coisa qualquer. Algumas pessoas sentem-se culpadas pela doença, a pobreza ou os problemas que surgem. Interpretam a responsabilidade como culpa. Estas pessoas sentem-se culpadas por julgarem que falharam em alguma coisa. No entanto, de uma maneira ou outra, aceitam tudo como uma onda de culpa, porque essa é apenas mais uma maneira de se enganarem. Mas não é disso que estou dizendo.

Se aproveitarmos os nossos problemas e doenças como oportunidades para pensar sobre como mudar as nossas vidas, então temos poder. Muitas pessoas que atravessaram períodos catastróficos de doença afirmam que as implicações desse acontecimento foram maravilhosas, ao proporcionar-lhes a hipótese de olhar para a vida de uma maneira diferente. Por outro lado, muita gente vai por aí chorando “Sou uma vítima, coitado de mim. Por favor, doutor, cure-me.” Penso que vai ser muito difícil estas pessoas curarem-se ou resolverem os seus problemas.

Responsabilidade é a nossa capacidade de reagir a uma situação. Temos sempre escolha. Isto não quer dizer que neguemos quem somos e o que temos nas nossas vidas. Significa tão somente que podemos reconhecer que contribuímos para estar onde estamos. Assumindo a responsabilidade, temos o poder de mudar.

 

 Louise L. Hay

Publicado por José Batista de Carvalho / Universo Natural

Sincronicidade – Coincidências da Vida

Imagem

Quem nunca se surpreendeu com as misteriosas coincidências que acabaram mudando o rumo de sua vida?

O que estaria por trás dessas insistentes repetições? As respostas para explicar a sincronicidade são tão fascinantes quanto as perguntas…

Quando a sincronicidade acontece, é sempre uma surpresa. Como aquela inacreditável seqüência pode se desencadear diante dos nossos olhos, sem nenhuma explicação? O que ela significa? Porque acontece? Que mecanismos ocultos acionariam esse processo?

Cada vez mais pessoas estão se conscientizando da importância da sincronicidade e já pautam suas vidas pelas indicações encobertas pelas coincidências. Isso é possível quando estamos sincronizados com a ordem celeste  – enfim, quando nossos passos desenham a vontade de Deus. A sincronicidade é a linguagem do divino para orientar nossa vida. E o divino atua tanto dentro quanto fora de nós.

Precisamos cada vez mais nos tornar sensíveis para perceber a sincronicidade pontuando o nosso destino.

A sincronicidade abre um caminho para você escutar a si mesmo e ativa sua intuição. O resto é com você. Às vezes precisamos de muita coragem para abandonar estruturas que construímos durante a vida e seguir os sinais que nos indicam novos caminhos.

A força de mente

Quem primeiro reconheceu que os eventos sincrônicos, ou coincidências significativas, tinham um sentido maior e que se relacionavam com a nossa psique (mente) foi o psicólogo suíço (1875-1961) Carl Gustav Jung.

A repetição é um dos mecanismos básicos da nossa psique. As coisas se repetem, se repetem  – em sonhos, símbolos ou acontecimentos – até que finalmente, a nossa compreensão sobre algo é despertada.

Quando temos um problema, ele volta inúmeras vezes a nossos pensamentos, como se fosse um disco arranhado. Mas quando finalmente compreendemos o que temos de compreender, cessa a repetição. Revela-se aquilo que estava sendo expresso por símbolos, entendemos a situação e integramos seu conteúdo.

Para compreender esse sentido, talvez seja preciso um árduo trabalho: pesquisar os significados dos símbolos, prestar atenção quando eles ocorrem, refletir a respeito. Mas a compreensão também pode surgir espontaneamente, sem nenhum raciocínio lógico. A esse tipo de compreensão instantânea Jung dava o nome de insight.

Jung afirmava que temos quatro funções básicas:razão, emoção, sensação e intuição. No nosso ser, geralmente uma delas é predominante. Mas quando trabalhamos internamente na direção do equilíbrio, uma nova função é acrescentada: a sincronicidade.

Fios de uma trama maior

“O universo tem uma lei, uma harmonia, que às vezes desconhecemos. Choramos quando algo muda e foge de nossas mãos. Não deixamos as mudanças ocorrerem, seguramos a vida.

Quando finalmente aceitamos que o desenho da nossa vida não nos pertence e que existe no Universo uma trama de fios mais grandiosa e complexa, tudo muda… Ficamos mais atentos aos sinais que nos mostram os caminhos da ação correta, a ação que aceita e se entrelaça amorosamente com os desígnios divinos.

Enfim, nos submetemos _ não somos mais um ego que tenta controlar tudo a qualquer custo. Finalmente cedemos, e mudamos.”

Colaboração: Doucy Douek – Terapeuta Transpessoal

Publicado O Mundo de Gava/Facebook

Feliz 2013

A todos os meus queridos amigos e amigas que neste ano estiveram aqui comigo, todo meu carinho e agradecimento pelos comentários que fizeram e por entenderem que pra mim é muito importante ter esse cantinho meu pra contato com cada um de vocês. Amo cada um e os tenho no fundo do coração.  Fiquemos juntos em 2013 pra trocarmos ideias e acalantos do dia a dia. 

“Diante da vastidão do tempo e da imensidão do universo, é um imenso prazer para mim dividir o mesmo planeta e uma mesma época com você.”

FELIZ-ANO-NOVO-

Carícia do universo

floresDeixe de lado o que se foi.
Deixe de lado o que está perdido.
Deixe de lado o que ainda não está acontecendo.

O que aconteceu no passado

e o que vai acontecer no futuro

existe apenas em sua mente.

O que está acontecendo agora é
a carícia infinita do universo.

Toque o eterno agora
e deixe-o envolver você em seu infinito amor.

O que está acontecendo agora é
o resultado perfeito de tudo o que tem sido,
e tudo que você tem feito.

Está tudo aqui para lhe ensinar.
Está tudo aqui para te amar.
Está tudo aqui para libertar você.
E é tudo perfeito.

Solte o que está saindo.
Abrace o que é que vem dentro
Deixe só o que ainda não chegou.
Não queira nada e abrace tudo.
Relaxe no que é,
e o que é irá cuidar de você.
Que seja o que é.

Amrit Desai