Arquivo de Tag | coração

Aos Amigos

Aos meus amigos muito amados, um poema de J.L.Borges que fala do enorme carinho

e de como é bom estarmos juntos nesta caminhada. Sonia K.

flores lindas

Não posso dar-te soluções

Para todos os problemas da vida,

Nem tenho resposta

Para as tuas dúvidas ou temores,

Mas posso ouvir-te

E compartilhar contigo.

Não posso mudar

O teu passado nem o teu futuro.

Mas quando necessitares de mim

Estarei junto a ti.

As tuas alegrias

Os teus triunfos e os teus êxitos

Não são os meus,

Mas desfruto sinceramente

Quando te vejo feliz.

Photobucket

Não julgo as decisões

Que tomas na vida,

Limito-me a apoiar-te,

A estimular-te

E a ajudar-te sem que me peças.

Não posso traçar-te limites

Dentro dos quais deves atuar,

Mas sim, oferecer-te o espaço

Necessário para cresceres.

Não posso evitar o teu sofrimento

Quando alguma mágoa

Te parte o coração,

Mas posso chorar contigo

E recolher os pedaços

Para armá-los novamente.

Photobucket

Não posso decidir quem foste

Nem quem deverás ser,

Somente posso

Amar-te como és

E ser teu amigo.

Todos os dias, penso

Nos meus amigos e amigas,

Não estás acima,

Nem abaixo nem no meio,

Não encabeças

Nem concluís a lista.

Não és o número um

Nem o número final.

E tão pouco tenho

A pretensão de ser

O primeiro

O segundo

Ou o terceiro

Da tua lista.

Basta que me queiras como amigo

Photobucket

Dormir feliz.

Emanar vibrações de amor.

Saber que estamos aqui de passagem.

Melhorar as relações.

Aproveitar as oportunidades.

Escutar o coração.

Acreditar na vida.

Obrigado por seres meu amigo.

Jorge Luis Borges

Anúncios

O CAMINHO DO CORAÇÃO

este é osho 

Perceba que é fácil encontrar pessoas que dizem que amam a humanidade.

E o mais interessante: Elas nunca amaram um único ser humano.

Não são capazes sequer de dar um bom dia pra quem passa a sua frente pela manhã.

Como podemos amar a humanidade?

A humanidade é uma abstração.

Esses são truques da mente…

Sempre que você encontrar alguém você encontrará um ser humano.

A humanidade não existe em lugar algum. Há apenas seres humanos e seres humanos.

A humanidade só existe na mente dos filósofos.

Mas amar a humanidade é uma ideia muito ardilosa, muito enganadora.

Você pode matar seres humanos em nome da humanidade.

É o que diz Hitler, Stalin e todos os políticos do mundo.

Para salvar a humanidade teremos que matar seres humanos.

Então, perceba: A humanidade não existe. Da mesma forma, a floresta não existe.

O que existe é a árvore. Árvores, árvores e mais árvores…

Se você começar a procurar a floresta e ignorar as árvores, nunca encontrará a floresta.

Talvez seja por isso que tantas pessoas procuram por Deus e nunca encontram – elas estão procurando por uma abstração.

E as pessoas continuam perguntando: “Onde está Deus?” No meio da floresta, elas perguntam: “Onde está a floresta?”

Mas a floresta está no carvalho, no cedro, no pinheiro.

A floresta se manifesta de mil e uma formas.

Então ame o real, o concreto, e você poderá ver o mal que as pessoas têm feito em nome de abstrações.

Cristãos lutando e matando Muçulmanos, Muçulmanos lutando e matando Hindus.

E quando você lhes pergunta por quê, eles dizem: Por Deus.

O Deus muçulmano é uma abstração, o Deus Hindu é uma abstração, o Deus Cristão é uma abstração.

O que existe é a Divindade…

Vc mata Deuses reais em nome de teorias.

Esse não é o caminho.

Então ame o ser vivo que está ao seu lado e encontre Deus.

Não pergunte o que é Deus, não pergunte onde está Deus, não!

Comece amando, e através do amor a definição entrará em vc.

A compreensão virá através do amor – não através do pensamento.

Então, ame o homem, ame a mulher, ame a criança, ame o animal, ame a árvore, ame as estrelas…

Não pergunte por Deus, e você encontrará Deus.

Esse é o caminho do coração.

Osho

Relógio do Coração

tempo

Há tempos em nossa vida que contam de forma diferente.

Há semanas que duraram anos, como há anos que não contaram um dia.

Há paixões que foram eternas, como há amigos que passaram céleres,

apesar do calendário mostrar que eles ficaram por anos em nossas agendas.

Há amores não realizados que deixaram olhares de meses,

e beijos não dados que até hoje esperam o desfecho.

Há trabalhos que nos tomaram décadas de nosso tempo na terra,

mas que nossa memória insiste em contá-los como semanas.

Há casamentos que, ao olhar para trás, mal preenchem os feriados das folhinhas.

Há tristezas que nos paralisaram por meses, mas que hoje,

passados os dias difíceis, mal guardamos lembranças de horas.

Há eventos que marcaram, e que duram para sempre,o nascimento do filho,

a morte do pai, a viagem inesquecível, um sonho realizado.

Estes têm a duração que nos ensina o significado da palavra “eternidade”.

Já viajei para a mesma cidade uma centena de vezes,

e na maioria das vezes o tempo transcorrido foi o mesmo.

Mas conforme meu espírito, houve viagem que não teve fim até hoje,

como há percurso que nem me lembro de ter feito, tão feliz eu estava na ocasião.

O relógio do coração – hoje eu descubro – bate noutra freqüência daquele que carrego no pulso.

Marca um tempo diferente, de emoções que perduram e que mostram o verdadeiro tempo da gente.

Por este relógio, velhice é coisa de quem não conseguiu esticar o tempo que temos no mundo.

É olhar as rugas e não perceber a maturidade.

É pensar antes naquilo que não foi feito,

ao invés de se alegrar e sorrir com as lembranças da vida.

Pense nisso.

E consulte sempre o relógio do coração:

Ele te mostrará o verdadeiro tempo do mundo.

Mário Quintana

A Glândula Timo

glandula timo

No centro do peito, atrás do osso onde as pessoas tocam quando ele diz ‘EU’, existe uma pequena glândula chamada timo. Seu nome em grego, “thymos ” significa energia vital. Será preciso dizer mais?

Sim, é preciso dizer algo mais… Porque o timo continua sendo um grande desconhecido. Ela cresce quando estamos alegres e se encolhe pela metade quando estamos estressados e mais ainda quando adoecemos.

Este recurso confundiu durante muito tempo a medicina que o conhecia encolhido apenas através de autópsias quando sempre estava encolhido.
Supunha-se que fosse atrofiado e que deixava de trabalhar na adolescência, tanto que durante décadas médicos americanos bombardearam o timo que estavam perfeitamente saudáveis com altas doses de raios X, acreditando que seu “tamanho anormal” poderia causar problemas.

Mais tarde a ciência comprovou que mesmo estando encolhido após a infância, o timo ainda continuava ativo e, é um dos pilares do nosso sistema imunológico, juntamente com as glândulas suprarrenais  e a medula espinhal e está diretamente ligado aos sentidos da consciência e da fala.

Como uma central telefônica por onde passam todas as chamadas fazendo as conexões para fora e para dentro.
Se somos invadidos por micróbios ou toxinas reage imediatamente produzindo células de defesa.
Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras e pensamentos.
Amor e ódio o afetam profundamente.
Os pensamentos negativos têm mais poder sobre ele que os vírus e bactérias.

Como essa atitude negativa não existe de forma concreta, o timo tenta reagir e enfraquece com a luta contra o invasor desconhecido e abre espaços para sintomas de baixa imunidade, como herpes.

Em compensação os pensamentos positivos conseguem ativar todos os seus poderes, lembrando que a fé remove montanhas.
Um teste de pensamento.
Este simples teste pode demonstrar essa conexão.

Una o seu polegar e o dedo indicador na posição de ‘ok’, pressione com firmeza e peça a alguém para tentar abri-los enquanto você pensa * estou feliz. *

Em seguida, repita com o * pensamento * Eu sou infeliz.

A maioria das pessoas manteve a força do dedo com o pensamento feliz e enfraquece quando você pensa que é infeliz. (Substitui os pensamentos de um delicioso chocolate, recheado com creme de coco, para ver o que acontece…) O mesmo teste é usado para diagnosticar situações muito mais complexas.

Por exemplo, o médico precisa de um diagnóstico diferencial o paciente tem um abscesso no fígado e os sintomas tanto pode significar um câncer como amebas.

Usando lâminas de amostras ou slides com representações gráficas de ambas as hipóteses testa a força muscular do paciente que está em contato com eles e chega ao resultado desejado.
As reações são consideradas respostas do timo e esse método que tem sido demonstrado em congressos científicos ao redor do mundo e é ensinada na Universidade de São Paulo (Brasil) e com médicos acupunturistas.

O curioso é que o timo é bem próximo ao coração, que acaba ganhando todo o crédito por sentimentos, emoções, decisões, fala, audição, estado de espírito, etc. ”
“ Estou com o coração pesado”, por exemplo, revela uma verdadeira situação que só por reflexo envolve o coração ao problema.
O próprio Chakra cardíaco fonte da energia de unidade e de compaixão, tem mais a ver com o timo que com o chakra do coração e é neste chakra que, segundo os ensinamentos budistas, há a passagem do estado animal para o estado humano.

Que interessante! Você pode está pensando, mas e daí?
Acontece que, se você quiser, pode exercitar o timo para aumentar sua produção de riqueza e felicidade.

Na parte da manhã ao levantar ou à noite antes de dormir:

a) – Em pé, joelhos levemente dobrados (a distância entre os pés deve ser o mesmo do ombro). Coloque o seu peso em toda sola do seu pé, mas sobre os dedos e não sobre o calcanhar e mantenha todos os músculos muito relaxados.

b) – Feche qualquer uma das mãos e começar a tocar continuamente com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo, assim uma forte e duas fracas. Siga fazendo isso de 3 a 5 minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração em toda a região torácica.

O exercício estará atraindo o sangue e a energia para o timo, fazendo-a crescer em vitalidade e também beneficiando o pulmão, coração, brônquios e garganta.

Ou seja, enchendo o peito de algo que era seu e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se tornar corajoso, calmo, nutrido emocionalmente como um abraço.

Excelente, intimista, cheio de ânimo…

Luis Hdez.  Ayurveda Tibetano  Deva Shabdam Janete YOGA MAHA MANU

Dá um tempo

Este poema me foi enviado por uma amiga-irmã de alma e coração, sabendo que ia exprimir todo o anseio e sentimento que tenho em mim neste período. Nada como se ter a benção de amizades tão profundas mesmo que tenras, cercando nossa caminhada. Torna o caminho mais ameno, com mais flores, com mais paciência e entusiasmo para enfrentar os bons e maus momentos. Reparto com essa amiga amada o poema tão lindo e fiz questão de registrá-lo aqui, meu cantinho tão amado, para tê-lo sempre à mão, aos olhos, ao coração e à alma, sequiosos todos de carinho e compreensão. Obrigada, lá do fundo, querida Edilene.

ampulheta

Se o teu lugar agora

parece-te frio e sem atrativos…

Se não há ninguém agora

que te inspire a falar ou a ouvir…

Se o vento lá fora

parece não soprar a teu favor…

Se nenhuma palavra

consegue agora tocar o teu coração…

Se não sentes vontade

de nada…

Se queres simplesmente

fazer nada…

Se as coisas da Terra

parecem-te opacas e sem graça…

Se as coisas do Céu agora

parecem-te mentiras,

histórias inventadas…

Se teu corpo não quer exercícios,

não quer esforços…

só quer espreguiçar-se!

Se agora nada desperta

a tua vontade de crescer,

de ir adiante,

de abraçar aventuras,

desafios, novas metas, sonhos …

Se para tuas perguntas

não chegam respostas…

Se olhas o relógio

como a um inimigo cobrador…

Dá um Tempo!!!

O mar não espera pelo rio,

no entanto o rio chega.

As árvores não anseiam por novas folhas,

no entanto elas brotam.

As flores não imploram por chuvas,

mas as chuvas – cedo ou tarde – caem.

Os pássaros não se preocupam com o céu,

entretanto o céu lá está.

O dia não guarda ansiedade

pelo descanso da noite

e ainda assim ela chega.

A noite não se abala com a própria escuridão,

repousando na certeza de que o dia virá.

A semente precisa

do escuro da terra

para abrir-se à luz

na hora mais acertada.

Deus não apressa as sementes:

Ele as conhece e respeita o tempo.

Se neste momento

és semente…

Sossega!

Respeita-te!

Dá um tempo!

Sílvia Schmidt

O Relógio do Coração

relógio águaHá tempos em nossa vida que contam de forma diferente.

Há semanas que duraram anos, como há anos que não contaram um dia.

Há paixões que foram eternas, como há amigos que passaram céleres, apesar do calendário mostrar que eles ficaram por anos em nossas agendas.

Há amores não realizados que deixaram olhares de meses, e beijos não dados que até hoje esperam o desfecho.

Há trabalhos que nos tomaram décadas de nosso tempo na terra, mas que nossa memória insiste em contá-los como semanas.

Há casamentos que, ao olhar para trás, mal preenchem os feriados das folhinhas.

Há tristezas que nos paralisaram por meses, mas que hoje, passados os dias difíceis, mal guardamos lembranças de horas.

Há eventos que marcaram, e que duram para sempre,o nascimento do filho, a morte do pai, a viagem inesquecível, um sonho realizado.

Estes têm a duração que nos ensina o significado da palavra “eternidade”.

Já viajei para a mesma cidade uma centena de vezes, e na maioria das vezes o tempo transcorrido foi o mesmo.

Mas conforme meu espírito, houve viagem que não teve fim até hoje, como há percurso que nem me lembro de ter feito, tão feliz eu estava na ocasião.

O relógio do coração – hoje eu descubro – bate noutra freqüência daquele que carrego no pulso.

Marca um tempo diferente, de emoções que perduram e que mostram o verdadeiro tempo da gente.

Por este relógio, velhice é coisa de quem não conseguiu esticar o tempo que temos no mundo.

É olhar as rugas e não perceber a maturidade.

É pensar antes naquilo que não foi feito, ao invés de se alegrar e sorrir com as lembranças da vida.

Pense nisso.

E consulte sempre o relógio do coração: Ele te mostrará o verdadeiro tempo do mundo.

Mário Quintana

Silêncio

 

silêncio

A vida barulhenta
é trocada pela voz de seu coração.
Quando as palavras se calam no seu interior,
você experimenta a sensação do divino.
As noites agitadas de quem
não quer perder nada
são substituídas por
encontros mais tranqüilos
dentro de sua alma.

Viver o silêncio de seu ser
consiste em esvaziar seu
coração de todos os desejos,
pensamentos, fantasias,
tudo o que você guardou dentro de si,
e deixar um espaço
para sua alma
se expressar sutilmente.

Entender palavras é muito fácil,
mas você
experimentará o perfume da vida
quando compreender
os milagres que acontecem
quando um olhar
encontra silenciosamente
o olhar de outra pessoa.

Você conhece a
verdadeira amizade
quando as palavras
não são necessárias
e consegue perceber a beleza
da lua encontrando o sol.

Seu interior tem muito
mais a dizer do que todo
o noticiário dos jornais.
Seu ser tem mais força do
que todas as imagens das novelas.
Quando acontece o silencio,
você não tem
mais nada para provar.

Roberto Shinyashiki